terça-feira, 11 de outubro de 2011

naquela quente noite egípcia
sem pelé e sem gol
o vento escreveu
usando a luz dos meus olhos
no céu de uma estrela
bem vindo o bebê brasileiro

Nenhum comentário: